Home BlogDicas e Orientações Pós Operatório, Sol E Férias – O Que Eu Preciso Saber?

Pós Operatório, Sol E Férias – O Que Eu Preciso Saber?

por Dra. Marcela Scarpa

Início de ano é o período em que muitos pacientes escolhem para realizar uma cirurgia plástica, devido às férias escolares e ao recesso do trabalho.

Porém, janeiro também é um dos meses mais quentes do ano, o que faz com que os cuidados do pós-operatório sejam redobrados. Nesse texto esclarecerei o motivo pelo qual estes devem ser seguidos à risca.

1. Maior inchaço e desconforto

2022 02 07 PosOperatorioSolEFerias 2

A região operada apresenta um inchaço, de evolução natural nos primeiros meses. Esse edema e desconforto pioram com a exposição ao sol e ao calor, devido à vasodilatação sanguínea que promovem. Assim, no período de maior inchaço e de equimoses (roxos), ela não é recomendada (esse tempo varia de acordo com o tipo de cirurgia e região operada).

2. O sol escurece a cicatriz

A exposição solar direta está contraindicada até o amadurecimento da cicatriz, que ocorre quando ela deixa de ser avermelhada. Esse período varia de 1 a 2 anos, dependendo do tipo de pele e região da cirurgia.

Esses cuidados são essenciais, já que a queimadura solar precoce pode estimular os melanócitos da região, hiperpigmentando-a, ou seja, escurecendo-a permanentemente.

O período mínimo recomendado para evitar qualquer exposição solar é de aproximadamente 3 meses (idealmente 6 meses), período de maior inchaço local.

Após esse período inicial, não é recomendado tomar sol desprotegido na região. Porém, ela pode ser realizada com alguns cuidados:

  • Use um protetor solar adequado para a sua pele e de alto FPS (acima de 60), tendo atenção redobrada com a região da cicatriz. Não esqueça de repassá-lo a cada 2 horas;
  • cubra o local operado com roupas, se possível com proteção UV;
  • faça uma proteção extra na cicatriz com fita micropore;
  • fique embaixo do guarda-sol.

3. Banhos de imersão

2022 02 07 PosOperatorioSolEFerias 3

Outra informação importante é quanto aos banhos de imersão. Enquanto os cortes não estiverem bem cicatrizados, tais banhos, como de mar e piscina, não são recomendados.

Em uma região recém operada, podem facilitar a entrada de microorganismos e predispor a uma infecção local (comprometendo, inclusive, o seu resultado).

4. Hidratação

Cirurgias grandes (como lipoaspiração e cirurgias combinadas) estão mais propensas à hipotensão, que pode ser potencializada com o calor excessivo.  Portanto, preste atenção na hidratação!

5. Cintas e malhas pós-cirúrgicas

2022 02 07 PosOperatorioSolEFerias 4

E por último, mas não menos importante, sempre utilize os sutiãs e as cintas pós-cirúrgicas no período indicado pelo seu cirurgião plástico, pois são fundamentais para a boa evolução pós-operatória! É claro, são um pouco desconfortáveis devido ao calor, mas seu uso é indispensável para um bom resultado.

OBS: lembre-se, essas orientações são generalizadas, elas devem ser individualizadas a cada caso, dependendo do tipo de cirurgia, tipo de pele  e fototipo do paciente.

VEJA TAMBÉM

Este site utiliza cookies. Ao continuar a navegar no site, você concorda com o uso de cookies. OK