Home BlogProcedimentos Cirúrgicos - Face ESTIGMAS DA RINOPLASTIA: Doutora, não quero ficar com o nariz do Michael Jackson!!!!

ESTIGMAS DA RINOPLASTIA: Doutora, não quero ficar com o nariz do Michael Jackson!!!!

por WPC

A rinoplastia é uma cirurgia que remodela a estrutura nasal óssea e cartilaginosa. É procurada em quadros estéticos e funcionais, para melhora da respiração em casos de desvio de septo ou hipertrofia de corneto, por exemplo.

Existe, porém, um grande estigma vinculado ao procedimento: o medo de ficar com o “nariz do Michael Jackson”. O rei do pop do século 20 ficou marcado pelo seu nariz múltiplas vezes operado e que traz aspectos indesejados, dentre eles:

  • Excesso de delicadeza para uma face masculina (os narizes masculinos e femininos têm características distintas, já falei sobre isso);
  • Ponta pinçada e excessivamente arrebitada – causada por ressecção e retirada excessiva de estruturas;
  • Redução das narinas – causada pela retração cicatricial e alectomia excessiva;
  • Desproporção em relação à face;
  • Pele fina e retraída pelas múltiplas cirurgias realizadas.

Com essas características acima, é certo que o artista não respirava adequadamente pelo nariz.

2022 03 09 02

Esses estigmas da rinoplastia estão vinculados à técnicas antigas e não mais realizadas nos dias atuais. A concepção anterior de rinoplastia reducional, onde as estruturas eram retiradas, foi substituída pelo seu remodelamento, ressecção programada e com parcimônia, além de reestruturação.

Ao meu ver, a beleza do nariz está ligada à naturalidade e proporcionalidade com as demais estruturas faciais. Sendo assim, para o resultado desejado na rinoplastia, é necessária uma avaliação individualizada a cada paciente, buscando as alterações de maneira sutil, evitando prejuízo das estruturas nasais e da sua função.

O procedimento deve trazer a harmonia entre a beleza e a funcionalidade.

 Como é feita a cirurgia?

2022 03 09 03

Existem basicamente dois métodos diferentes para realização da rinoplastia:

Rinoplastia fechada – nesse modelo, as incisões são feitas apenas na região interna das narinas e seu maior objetivo é tratar o dorso nasal e a giba. Era considerada uma técnica antiga, até o avanço recente da cirurgia preservadora, que permite uma maior atuação e controle das estruturas.

Rinoplastia aberta – nesse método, além das incisões na parte interna, há também uma incisão externa, que é feita na parte mais estreita da columela nasal (região entre as narinas). Essa incisão permite uma visualização direta das anatomia e estruturas nasais.

Ambas as técnicas podem remodelar o nariz, remover ou acrescentar cartilagem, bem como reposicionar tecidos, quando necessário. A diferença entre os métodos está em como são executados, e a escolha é pautada na região do nariz que precisa de maiores mudanças. Alia-se também ao objetivo final, a experiência do médico ao desejo do paciente.

O aspecto funcional, ou seja, aquele com finalidade para melhorar a respiração, pode ser associado a qualquer uma das técnicas quando indicado.

A recuperação (pós-operatório) também é bastante semelhante nas duas modalidades.

 A rinoplastia pretende atingir o sonho do paciente. Entretanto, depende de alguns fatores: 

  • Clareza no motivo pelo qual deseja a cirurgia
  • Condições médicas associadas (uso de medicamentos; alergias; tratamentos atuais; doenças crônicas…)
  • Hábitos (paciente fisicamente ativo ou não; consumo de álcool; cigarro; drogas lícitas; alimentação saudável…)
  • Ter uma expectativa realista em relação à cirurgia
  • Crescimento facial completo

Dessa forma, a consulta é de extrema importância, para que seja levantado o histórico pessoal e clínico do paciente, bem como haja uma boa comunicação e relação de confiança entre o paciente e o médico.

Resultados / benefícios

Os resultados da rinoplastia são bastantes significativos e positivos, trazendo benefícios para a saúde clínica e emocional do paciente.

Sua realização deve, entretanto, ser planejada por um profissional capacitado,  especializado e familiarizado com o procedimento

Referências:

SBCP (Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica); American Society of Plastic Surgeons; Fichman M, Piedra Buena IT. Rhinoplasty. [Atualizado em 2021 Jun 29]. In: StatPearls [Internet]. Treasure Island (FL): StatPearls Publishing; 2021 Jan-Disponível em:  https://www.ncbi.nlm.nih.gov/books/NBK558970/

VEJA TAMBÉM

Este site utiliza cookies. Ao continuar a navegar no site, você concorda com o uso de cookies. OK