Home BlogProcedimentos Cirúrgicos - Contorno Corporal Posso Amamentar Com Próteses de Silicone?
Posso amamentar com próteses de silicone?

Posso Amamentar Com Próteses de Silicone?

por Dra. Marcela Scarpa

cirurgia de aumento das mamas é um dos procedimentos estéticos mais realizados no Brasil, e muitas mulheres ainda têm dúvidas. Uma das questões mais apontadas é se as próteses interferem ou impossibilitam o processo de amamentação.

As mulheres podem amamentar depois de passar por um aumento de mama?

Amamentar sempre foi um desafio para as mulheres, mesmo para aquelas que não fizeram nenhum tipo de cirurgia nas mamas. É um grande equívoco pensar que a mamoplastia de aumento impede a amamentação.

Mulheres com implantes mamários podem amamentar tranquilamente seus filhos. Mas, deve-se levar em consideração que existe um percentual significativo de mulheres que nunca passaram por uma cirurgia de aumento das mamas e mesmo assim tiveram dificuldades durante a amamentação.

Posso amamentar com próteses de silicone?

Entendendo um pouco mais sobre as cirurgias das mamas

Os procedimentos cirúrgicos de aumento ou elevação das mamas, são alternativas para aperfeiçoar o contorno corporal e melhorar a aparência dos seios.

Essa situação inclui muitas mamães, que após a gravidez, sentem-se desconfortáveis com seus corpos. As regiões com maior incidência de queixa nos consultórios são os seios e o abdome, que podem apresentar flacidez.

Os procedimentos mais procurados para os seios são:

  • Mastopexia: procedimento recomendado para mulheres que desejam levantar as mamas, podendo ser feito de forma combinada, ou não, com prótese de silicone.

Se a paciente deseja aumentar os seios e ao mesmo tempo levantá-los, ou  ainda melhorar o colo, é feita a inclusão da prótese de silicone.

  • Mamoplastia de aumento: este procedimento auxilia no aumento do volume das mamas, e é feito a partir da colocação próteses mamárias de silicone.

Efeitos das Cirurgias

aleitamento materno é totalmente possível após a mamoplastia de aumento, já que elas são posicionadas atrás das glândulas mamárias.

O suprimento do leite materno pode ser afetado somente em casos de lesão aos ductos lactíferos, geralmente resultantes do acesso areolar. Quando a prótese é colocada via axilar ou pelo sulco da mama, essas alterações dificilmente ocorrem.

Alterações também podem ocorrer quando as próteses são associadas à mastopexia ou à mamoplastia redutora, já que estes procedimentos alteram a estrutura da mama. Determinam alteração da anatomia e integridade da glândula mamária.

Podemos concluir que, quanto maior a redução da mama ou a retirada da pele, maior a transformação. Nesses casos, há maior chance de lesão aos ductos lactíferos e, consequentemente, ocasionar danos à amamentação.

Sobre a questão da toxidade das próteses, é importante lembrar que os implantes são feitos a partir de um gel de alta coesividade que não ultrapassa a membrana do implante, bastante resistente e composta de elastômeros de silicone.

Já a posição das próteses (submuscular, subfascial ou subglandular) e seu perfil (superalto, alto, moderado, baixo), isoladamente, não determinam interferência alguma no processo.

Posso amamentar com próteses de silicone?

Deve-se lembrar também que não existe prótese definitiva e, portanto, os implantes devem ser acompanhados periodicamente após a cirurgia.

No caso das mulheres que desejam aumentar as mamas antes da gestação, elas devem estar cientes de que a inclusão da prótese de silicone não impedirá as transformações naturais ocorridas durante o processo de gestação e amamentação.

Mesmo com as próteses, as mamas sofrem alterações resultantes das transformações ocorridas nesse período da vida da mulher. Após a gestação, as mamas podem apresentar flacidez e estrias, decorrentes do estímulo hormonal e da produção de leite materno.

É recomendado aguardar um período de seis meses a um ano após o término da amamentação para uma intervenção estética nas mamas.

Falei um pouco mais sobre isso no artigo sobre Recuperação da boa forma após a maternidade.

Posso amamentar com próteses de silicone?

Além disso, outra preocupação recorrente na programação cirúrgica é o volume das próteses. Prezo sempre por um resultado harmonioso e compatível com seu biotipo.

Já falei sobre a adequação de próteses aos perfis corporais nas matérias:

Recomendações para as futuras mamães com silicone

Posso amamentar com próteses de silicone?

Para todas as pacientes que estão ou desejam engravidar com próteses de silicone, uma boa recomendação seria recorrer a um cirurgião especialista, ou ainda, a um conselheiro de amamentação ou consultor de aleitamento. Além disso, a mulher pode participar de aulas educativas sobre amamentação durante a gravidez.

Essas medidas podem ser significativas para dissipar alguns temores, além de auxiliar no planejamento da amamentação.

Referências:

Australasian Society of Aesthetic Plastic Surgeons. Breastfeeding after breast augmentation, 2018.

VEJA TAMBÉM

Este site utiliza cookies. Ao continuar a navegar no site, você concorda com o uso de cookies. OK