Home BlogProcedimentos Cirúrgicos - Face Como Corrigir Olheiras Profundas?
Como corrigir olheiras profundas?

Como Corrigir Olheiras Profundas?

por Dra. Marcela Scarpa

Poucas horas de sono, uma rotina estressante e maus hábitos, podem contribuir para aparição das conhecidas manchas escuras que circundam os olhos: as olheiras.

Esses fatores não são unicamente responsáveis pelas manchas, mas agem como um gatilho. O cansaço, o envelhecimentoalergias, o excesso de sol, abuso de álcool, cigarro, má alimentação, alterações hormonais e genética podem agravar o problema.

O que causa as olheiras?

Apesar de sua aparência externa, fenômenos que ocorrem no organismo contribuem fortemente para o surgimento das olheiras.

De modo geral, as olheiras podem surgir pela alta concentração de melanina ou em decorrência da congestão dos vasos capilares na região dos olhos. Além disso, alterações anatômicas locais que produzem sombra na região inferior das pálpebras podem dar a falsa impressão da indesejada olheira.

O excesso de pigmentação nas pálpebras apresenta dois elementos principais:

– Vascular: pelo excesso de retenção de líquidos (edema), aumento ou maior exposição de vasos sanguíneos na região, com acúmulo de hemoglobina e/ou hemossiderina sendo, este último, responsável pela cor escura e azulada.

– Melânicas: excesso de melanina, o acúmulo dessa substância na epiderme é responsável por conferir cor acastanhada as olheiras. Tem como principais causas a hereditariedade, inflamação local e exposição solar.

Denominadas cientificamente de melanose periorbital, elas são resultado da pigmentação da pele. Sua ocorrência geralmente afeta pacientes de pele morena, o que remete ao caráter genético ou constitucional da condição.

Já indivíduos que, em comparação, possuem pele mais fina no local, podem ter mais chances de apresentar olheiras. Isso ocorre porque a pele fina permite maior visualização de vasos sanguíneos da região, dando aspecto azulado (e apresentando olheiras vasculares).

Assim, podemos concluir que a exposição solar excessiva e sem proteção piora a pigmentação local.

Já a menor circulação sanguínea na região palpebral aumenta a congestão dos capilares e pode agravar as olheiras.

A circulação venosa das pálpebras pode ser prejudicada por fatores como:

  • Envelhecimento
  • Flacidez cutânea
  • Privação de sono
  • Insônia
  • Tensão emocional
  • Bebidas Alcoólicas
  • Tabagismo
  • Uso de produtos inapropriados
  • Alterações hormonais
  • Má alimentação
  • Alergias

Podem também ter componente genético: algumas pesquisas mostram que descendências árabes, turcas, andinas e indianas são mais propensas a desenvolver a condição.

Como corrigir olheiras profundas?

As chamadas olheiras “falsas” não são causadas por uma pigmentação da pele, mas sim por uma protrusão das bolsas de gordura das pálpebras inferiores, o que provoca uma sombra na região, dando aspecto enegrecido.

De acordo com a predominância desses elementos, as olheiras poderão assumir coloração diferente em cada paciente, o que também faz divergir as opções de tratamento.

Tratamentos para olheiras

Porém, antes de qualquer indicação de procedimento estético, um médico capacitado deve diagnosticar a natureza das olheiras.

Cremes clareadores possuem aspecto positivo na atenuação de olheiras pigmentares.

O tratamento ainda pode ser potencializado através de procedimentos médicos como os peelings químicospreenchimento com ácido hialurônico, aplicação de luz intensa pulsada e outros lasers como CO2 fracionadomicroagulhamento por exemplo.

A estratégia de combate às olheiras deve ser individualizada e requer um acompanhamento periódico através de terapia de manutenção.

Conheça um pouco mais sobre os procedimentos que podem auxiliar no tratamento das olheiras:

Luz pulsada

2019 02 25 3 olheiras

Essa tecnologia proporciona resultados significativos no tratamento contra as olheiras pigmentares, de forma simples e rápida.

É um procedimento não invasivo, que se adapta ao tipo de pele dos pacientes.

A aplicação requer o uso de óculos de proteção, uma vez que feixes de luz são aplicados nas olheiras de modo que as células da pele possam absorvê-los.

É um tratamento indolor que pode gerar leve desconforto durante a aplicação.

Preenchimento

Como corrigir olheiras profundas?

ácido hialurônico existe naturalmente no tecido conjuntivo, conferindo hidratação e viscosidade à pele. Sua produção diminui a medida que o organismo envelhece.

Essa substância possui propriedades que atraem e retém água, o que proporciona um efeito volumizador.

O procedimento de preenchimento das olheiras consiste na aplicação de ácido hialurônico nas camadas mais profundas pele para dar volume e estimular a produção de colágeno e elastina. É utilizada, portanto, para olheiras “falsas”, preenchendo o sulco formado abaixo da pálpebra inferior, com melhora da sombra local.

O procedimento é rápido, feito em consultório médico, com pouco inchaço e baixo risco de alergias ou inflamações na pele. Os resultados podem ser observados logo após a aplicação.

Cabe ressaltar que o preenchimento de olheiras costuma ter uma durabilidade de 12 a 18 meses. Após este período, o paciente deve retornar ao consultório para uma nova avaliação.

Para ler mais sobre o procedimento, clique aqui.

Peelings Químicos

Como corrigir olheiras profundas?

Os peelings químicos são técnicas que promovem a renovação celular através da regeneração natural dos tecidos, auxiliando no clareamento da pele. Dentre muitas opções, o ácido tricloroacético é um dos mais utilizados.

Já ácido tioglicólico é indicado para tratar olheiras que tenham predominância do componente vascular. É uma substância que possui alta afinidade com o ferro, sendo capaz de atraí-lo, transportá-lo e eliminá-lo da hemossiderina, presente no sangue.

Quando aplicado, o peeling promove a regeneração da camada superior da pele, que deve surgir com um novo aspecto, mais uniforme e com textura mais fina.  Quanto mais profundo o peeling, mais cautelosa deve ser sua aplicação.

O tratamento deve ser realizado por um profissional especialista, e distribuído em sessões com intervalos de 7 a 15 dias.

Para ler mais sobre peeling químico, clique aqui.

Microagulhamento

Como corrigir olheiras profundas?

microagulhamento ou indução percutânea de colágeno (IPCA) é uma técnica em que microtraumas são realizados na pele com auxílio de agulhas muito finas. Promove a formação de microcanais que facilitam a absorção e ação de substâncias aplicadas durante o procedimento (drug delivery). Essas microperfurações são responsáveis pela indução de um processo inflamatório local que resultam em estímulo de fibroblastos e fatores de crescimento , com a consequente produção de colágeno. A indicação e a região a ser tratada ditam o comprimento da agulha utilizada.

Nas olheiras, promove a remoção das camadas danificadas, melhora a circulação periférica, estimula o clareamento da região e a hidratação.

Para saber mais sobre microagulhamentoclique aqui.

Blefaroplastia

Como corrigir olheiras profundas?

A cirurgia das pálpebras (chamada blefaroplastia) consiste em remoção do excesso de pele e tratamento das bolsas de gordura. Pode ser realizado nas pálpebras superiores, inferiores ou em ambas, dependendo da indicação de cada caso.

Para melhora das olheiras, as bolsas da pálpebra inferior são removidas ou reposicionadas, tratando as chamadas “olheiras falsas”, com melhora do sulco e atenuação da sombra local.

Para saber mais sobre a cirurgia, clique aqui.

VEJA TAMBÉM

Este site utiliza cookies. Ao continuar a navegar no site, você concorda com o uso de cookies. OK