Mastopexia ou apenas silicone?

Mastopexia ou Apenas Silicone?

por Dra. Marcela Scarpa

flacidez mamária com ptose (queda) é uma queixa comum entre mulheres. Suas causas mais comuns são variações de peso, gravidez, genética ou envelhecimento.

Existem algumas opções de tratamento, sua indicação varia de acordo com o excesso de pele, quantidade do preenchimento da mama, qualidade desse preenchimento (predominância de glândula ou gordura), qualidade da pele, entre outros.

Abaixo podemos encontrar diferentes indicações e resultados esperados para que tenha maior chance de sucesso de seu resultado.

  1. Prótese de Silicone

Implantes de silicone são feitos para melhorar ou restaurar o volume mamário perdido.

Indicação absoluta em pacientes sem ptose das mamas e que desejam aumentar o volume das mesmas (hipomastia).

Já em pacientes com excesso de pele e flacidez, a inclusão da prótese pode ser realizada como tratamento isolado (sem retirada de pele) em casos de pseudoptose, ptose leve (Grau I) ou moderada (Grau II, com ressalvas, dependendo da quantidade de pele excedente e volume do implante). Nesses casos, é bem indicado para pacientes que desejam melhor definição de colo mamário, que desejam aumentar seu volume e naquelas que não possuem mamas com preenchimento adequado.

Já falamos sobre os graus de ptose em uma matéria anterior, se quiser relembrar clique aqui. 

Mastopexia ou apenas silicone?
  1. Mastopexia (retirada de pele)

Sua indicação é para pacientes com ptose em qualquer grau, que não desejam inclusão de implante de silicone ou para aquelas com maior excesso de pele e flacidez (Graus II e III). Neste último caso é possível associar ou não as próteses.

A opção pela inclusão dos implantes dependem: do desejo da paciente, quantidade e qualidade do preenchimento das mamas (gordura ou glândula), qualidade da pele (elasticidade, presença de estrias, espessura da pele, etc).

As incisões para sua realização podem ser:

  • Periareolar: reservada para ptoses leves
  • Periareolar + incisão vertical
  • Periareolar + T invertido
Mastopexia ou apenas silicone?
  1. Quanto tempo dura a mastopexia?A durabilidade do resultado depende de alguns fatores: cuidados pós cirúrgicos prolongados (alteração do peso, mau uso de sutiã, atividades de impacto sem sustentação adequada, etc), qualidade da pele (estrias, flacidez), utilização de próteses maiores (quanto maior o volume da prótese, maior o peso a ser sustentado pela pele), hábitos (tabagismo, má alimentação), alterações hormonais, entre outros.Já falamos em uma matéria anterior sobre a escolha dos volumes das próteses, quer relembrar? Clique aqui!A indicação da cirurgia mais adequada e melhor tratamento é sempre realizada em uma consulta médica, com exame físico adequado e discussão sobre as alternativas possíveis, resultados e expectativas com a paciente. Essa avaliação deve sempre ser realizada por um Cirurgião Plástico formado e membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (consulte seu cirurgião no site da SBCP ou clique aqui).

VEJA TAMBÉM

Este site utiliza cookies. Ao continuar a navegar no site, você concorda com o uso de cookies. OK