Home BlogNotícias e Curiosidades O Transplante de Rosto de Katie Stubblefield
O Transplante de rosto de Katie Stubblefield

O Transplante de Rosto de Katie Stubblefield

por Dra. Marcela Scarpa

Um procedimento cirúrgico relativamente novo e bastante raro é o transplante de rosto. É uma das operações mais delicadas que podem ser realizadas, feita apenas em necessidade extrema.

Para ser executada, essa cirurgia demanda algumas etapas que devem ser minuciosamente seguidas. Qualquer erro pode colocar em risco o sucesso do transplante facial. A técnica consiste em substituir toda ou parte do rosto através da doação de tecido por alguém que faleceu.

Neste artigo, será apresentado de forma geral como funciona esse procedimento. Além disso, serão expostos alguns casos de sucesso que ficaram famosos, com especial ênfase para a operação de Katie Stubblefield, uma das mais recentes.

O que é o transplante de rosto?

O Transplante de rosto de Katie Stubblefield

Essa é uma opção nova para os casos em que a pessoa sofre com o rosto desfigurado de modo severo. Sua primeira realização foi em 2005 na cidade de Amiens, no norte da França.

Essa cirurgia é bastante complexa e envolve um planejamento extenso. Exige meses de preparo e mais de uma equipe cirúrgica. Além disso, os candidatos ao transplante passam por consultas e avaliações criteriosas, para garantir que a operação ocorra com êxito e a aparência e as funções do rosto funcionem da melhor forma.

Como não podia ser diferente com tamanha complexidade, esse procedimento tem um risco muito alto. Entre 2005 e 2014, mais de 30 pessoas passaram por ele. Pelo menos três faleceram durante a operação ou por complicações do pós-cirúrgico. Há uma série de riscos envolvidos, os quais são listados abaixo:

  • A aparência final não pode ser exatamente prevista
  • Risco do corpo rejeitar o tecido transplantado
  • A cirurgia em si e os riscos do pós-cirúrgico
  • Medicamentos imunossupressores, que devem ser tomados pela vida toda e apresentam uma série de efeitos colaterais
  • Possibilidade de novas cirurgias e consultas frequentes, para evitar complicações
O Transplante de rosto de Katie Stubblefield
Katie Stubblefield durante sua recuperação

Exemplos de transplantes faciais

As pessoas procuram esse procedimento buscando melhorar a qualidade de vida após um trauma que resultou em uma face desfigurada. O objetivo não é só estético, como também de melhorar as habilidades funcionais do rosto e evitar o isolamento social.

Em vista disso, conforme foi dito anteriormente, algumas dezenas de procedimentos já foram feitos. Alguns casos mais famosos ficaram marcados na mídia e na história da cirurgia plástica.

O mais recente deles é o sucedido com Katie Stubblefield, em maio de 2017. Em 2015, a jovem tinha apenas 18 anos quando tentou se suicidar ao atirar no próprio rosto. Foi a paciente mais jovem a se submeter à cirurgia, num acontecimento amplamente coberto pela mídia – a National Geographic estadunidense, por exemplo, chegou a publicar uma edição destacando este evento.

O Transplante de rosto de Katie Stubblefield
Katie 22 dias antes de sua Cirurgia de Transplante Facial

O procedimento de Katie durou 31 horas. Antes disso, passou por um rigoroso processo de avaliação da viabilidade do procedimento. Mesmo antes do transplante facial, ela passou por 22 outras operações reconstrutivas. Após, fez mais três cirurgias e é possível que faça outras, visando melhorar ainda mais a aparência e a funcionalidade do rosto.

O Transplante de rosto de Katie Stubblefield
Rosto de Katie após recuperar-se do Transplante Facial

No entanto, Katie não foi a única a realizar um transplante na face. Ela foi a quadragésima pessoa a fazer este tipo de operação. Alguns outros casos marcantes na história da cirurgia plástica são os seguintes:

  • Isabelle Dinoire: francesa, foi atacada por um cão e teve danos severos. Foi a primeira paciente transplantada, em 27 de novembro de 2005.
  • Connie Culp: a primeira estadunidense a realizar este procedimento. Após ser baleada pelo marido, teve danos graves nas funções de respiração e alimentação. Sua cirurgia foi em 2008.
  • Patrick Hardison: bombeiro, já tinha feito 71 cirurgias reparadoras antes de optar pela cirurgia facial. Num procedimento à época considerado o mais difícil já feito, mais de 100 médicos participaram. O custo estimado foi de mais de um milhão de dólares.
O Transplante de rosto de Katie Stubblefield

O que pode ser visto é que a cirurgia de transplante do rosto é inovadora e complexa, mas capaz de gerar frutos. Tanto na melhora da aparência quanto das funções faciais demonstra ser um instrumento importante. Isso sem contar o fator psicológico, uma vez que estimula os pacientes a recuperarem sua autoestima.

O Transplante de rosto de Katie Stubblefield
Katie com seu pai Robb e sua mãe Alesia Stubblefield

Katie, por exemplo, já procura inclusive um meio de entrar na universidade. A jovem de 23 anos já teve uma melhora considerável e busca ter uma vida considerada normal. Isso é replicado também à maioria dos outros 39 operados.

O Transplante de rosto de Katie Stubblefield

Anteriormente, abordamos a história de Andy Sandnessoutro paciente de Transplante Facial bem sucedido.

Clique neste link para conhecer os detalhes da cirurgia e da recuperação de Andy.

VEJA TAMBÉM

Este site utiliza cookies. Ao continuar a navegar no site, você concorda com o uso de cookies. OK