Home BlogProcedimentos Cirúrgicos - Contorno Corporal Ganho de Peso Após Lipoaspiração: Quais Áreas do Corpo Engordam?
Ganho de peso após Lipoaspiração: Quais áreas do corpo engordam?

Ganho de Peso Após Lipoaspiração: Quais Áreas do Corpo Engordam?

por Dra. Marcela Scarpa

Saiba como o organismo responde ao aumento de peso após a lipoaspiração

lipoaspiração é uma das cirurgias estéticas mais realizadas no mundo.

Algumas das perguntas que mais recebo no consultório são: o procedimento pode afetar o metabolismo? Há risco de engordar após o tratamento? Quais áreas do corpo podem ser afetadas caso houver aumento de peso?

Lipoaspiração e ganho de peso

Ganho de peso após Lipoaspiração: Quais áreas do corpo engordam?

lipoaspiração tem como objetivo a remoção de gordura localizada de determinadas áreas do corpo. Embora existam diversas técnicas cirúrgicas diferentes, de forma geral, faz-se o uso de um dispositivo conhecido como cânula, que é inserido no corpo através de pequenas incisões, e aspira o excesso de gordura por meio do vácuo.

O procedimento é exclusivamente destinado a regiões com gordura localizada que não respondem a exercícios ou dieta. A cirurgia pode ser realizada nas coxas, abdômen, braços, costas, quadris, nádegas, flancos, tórax, rosto, panturrilhas e tornozelos.

Saiba em detalhes como a cirurgia de lipoaspiração é realizada, bem como as indicações e as recomendações pós-operatórias no artigo: Contorno corporal e lipoaspiração.

Depósitos de gordura em áreas tratadas

O número de células adiposas é constante em adultos . Após a lipoaspiração, tais células são removidas das regiões submetidas ao tratamento. Portanto, em caso de ganho de peso, não há aumento de sua quantidade em número absoluto, mas ainda há a possibilidade de sua expansão. Tal situação explica a capacidade de engordarmos mesmo após a cirurgia. Porém, este ganho é evidentemente menor nas áreas tratadas (quando comparada àquelas em que não foram submetidas ao procedimento), mantendo, na maioria das vezes, um contorno corporal mais harmônico.

Ganho de peso após Lipoaspiração: Quais áreas do corpo engordam?

Dieta e exercício antes e depois da lipoaspiração

Ganho de peso após Lipoaspiração: Quais áreas do corpo engordam?

Com relação ao aumento compensatório de gordura após o procedimento, pesquisadores da Universidade de São Paulo realizaram uma importante pesquisa, cujo resultado foi publicado em julho/2012 no periódico The Journal of Clinical Endocrinology and Metabolism.

De acordo com o estudo, a lipoaspiração tende a desencadear um mecanismo de reposição de gordura no organismo. Não exatamente no local tratado, mas entre os órgãos.

gordura subcutânea removida durante a lipoaspiração, portanto, dá lugar à gordura visceral – o tipo mais prejudicial à saúde. Além disso, a pesquisa descobriu que a adoção de uma rotina de exercícios físicos após a cirurgia é capaz de prevenir esse mecanismo compensatório.

Participaram do estudo 36 mulheres sedentárias, de 20 a 35 anos, que se submeteram à lipoaspiração abdominal. Dois meses após o procedimento, as pacientes foram divididas aleatoriamente em dois grupos: metade passou a fazer exercícios três vezes por semana e a outra metade permaneceu sedentária.

O programa de exercícios adotado pelas participantes – que consistia de alongamento, exercícios aeróbicos e de força, com duração que variava de 60 a 90 minutos – foi seguido durante 16 semanas.

Seis meses após a cirurgia, foi observado que as participantes que não treinaram apresentaram um crescimento compensatório de gordura visceral. Esse resultado não foi observado nas participantes que se exercitaram.

De acordo com o estudo, as razões para esse aumento compensatório permanecem inconclusivas. Mas, segundo alguns dados encontrados em estudos experimentais, a diminuição do gasto energético, ao invés do aumento da ingestão calórica, pode ser responsável.

É provável que o gasto calórico manteve-se estável no grupo ativo, o que permitiu a manutenção do balanço energético. Além disso, o aumento da massa magra pode ter contribuído para a manutenção desse gasto, aumentando ou preservando levemente a taxa metabólica em repouso.

Além de seus efeitos benéficos para o equilíbrio energético e a composição corporal, o treinamento físico também ajuda a controlar outros fatores que prejudicam a saúde cardiovascular. Neste estudo, o treinamento físico melhorou a sensibilidade à insulina, bem como a força e o condicionamento aeróbico.

Os dados obtidos são importantes e funcionam como um alerta aos pacientes, já que a gordura visceral é responsável por aumentar os riscos de doenças cardiovasculares e também está associada ao surgimento do diabetes tipo 2.

Veja o estudo completo publicado pelo The Journal of Clinical Endocrinology and Metabolism, clique aqui para ler.

Dessa forma, se o paciente considera realizar uma lipoaspiração, mas está preocupado no ganho de peso pós procedimento, a melhor abordagem é perder o máximo possível de peso antes realizar a cirurgia. Após, com a aprovação do médico, os resultados podem ser mantidos através de um estilo de vida saudável, associando uma dieta equilibrada a uma rotina de exercícios.

Dicas para manter os resultados da lipoaspiração:

A maneira mais eficaz de manter os resultados a longo prazo de qualquer procedimento estético é manter o peso ideal. Por isso, separei 6 dicas para manter um estilo de vida saudável no pós-operatório:

  • Seguir todas as instruções pós-operatórias fornecidas pelo cirurgião;
  • Reduzir a ingesta calórica e preferir uma dieta saudável, equilibrada em proteínas e carboidratos saudáveis;
  • Manter-se hidratado;
  • Fracionar as refeições menores ao longo do dia;
  • Nunca pular refeições;
  • Exercitar-se regularmente.

VEJA TAMBÉM

Este site utiliza cookies. Ao continuar a navegar no site, você concorda com o uso de cookies. OK